13 de setembro 2015

Concerto Invasões Francesas

O concerto de música clássica teve lugar no Cine-Teatro de Sobral de Monte Agraço, às 21h30, e apresentou uma narrativa musical sobre alguns acontecimentos charneira da história portuguesa e europeia. Fruto de uma aprofundada pesquisa histórico-musical, neste concerto interpretaram-se obras alusivas a estes factos, de compositores portugueses proeminentes da época, tais como João Domingos Bomtempo, Marcos Portugal, João José Baldi e Souza Carvalho, e de outros menos conhecidos, como João Ferro, António José do Rego e Joaquim Bachicha.

As invasões francesas ganharam expressão nas mais variadas formas de arte na sociedade da época. Serviram de inspiração na criação de peças musicais alusivas a factos marcantes, tais como as batalhas do Vimeiro e do Buçaco e a retirada do marechal Massena. Muitas incluem, na própria partitura, indicações verbais com a caraterização das cenas. Vários autores portugueses foram divulgadores das façanhas e heroísmo anglo-luso, através da prosa e poesia. Nas várias composições vocais apresentadas neste concerto de Marcos Portugal e João Domingos Bomtempo, os textos utilizados evidenciam a bravura e tenacidade dos guerreiros luso-britânicos na sua entrega em defesa de valores de liberdade e justiça.

Programa || João Ferro, Retirada do Marechal Massena (1810) | Joaquim Bachicha, Batalha do Vimieiro: Cântico Patriótico (1809) | João Domingos Bomtempo, Cantata Hino Lusitano, Op. 10 (1811) | João José Baldi, Marcha de retirada (c. 1810) | João Domingos Bomtempo, Cantata A Paz da Europa, Op. 17 (1815) |Marcos Portugal, Hymno Patriótico (1809)

Ensemble Arabesco || Sandra Medeiros (soprano), Armando Possante (baixo) e Paulo Pacheco (piano).

Mais notícias