20 de outubro 2017

I Concurso de Curtas Invade!

No âmbito das comemorações do DIA NACIONAL DAS LINHAS DE TORRES teve lugar na Escola Secundária do Forte da Casa, no dia 20 de outubro, a entrega dos prémios aos vencedores do I Concurso de Curtas-Metragens INVADE! e a apresentação da Mochila do Soldado, um recurso educativo desenvolvido pela RHLT e pela AIDGLOBAL, ao abrigo do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua.

 

A abertura da iniciativa esteve a cargo do senhor presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, do diretor da Escola Secundária Forte da Casa, José Alberto Silva e do presidente da Rota Histórica das Linhas de Torres, José Alberto Quintino, que sublinhou a importância de divulgar as Linhas de Torres entre os jovens, desafiando-os a produzirem novos olhares, novas perspetivas sobre este património.

A iniciativa teve a participação da Embaixada do Reino Unido em Portugal, cabendo à embaixadora britânica Kirsty Hayes a entrega do Prémio de Votação do Público à Curta "Sonho Linha de Torres Invasão" de João Costa e Gonçalo Santos.

O Prémio do Júri foi entregue, pelos membros Ana Catarina Sousa e Luís Matos, à Curta "A Fuga Real ou a Real Fuga", de Soraia Marques, Rute Duarte e Luís Maceira.

Ver vencedores:
A Fuga Real ou a Real Fuga

Sonho Linha de Torres Invasão

Seguiu-se a intervenção de Susana Damasceno, presidente da AIDGLOBAL - uma organização não-governamental para o desenvolvimento - que abordou de que forma as Linhas de Torres e a educação podem ser aliados na promoção do desenvolvimento global. Uma dessas formas concretizou-se através do projeto Educar para Cooperar: a Rota histórica das Linhas de Torres e a Cidadania Global que teve como objetivo sensibilizar para as temáticas e valores da educação para a cidadania global em articulação com a vivência dos factos ocorridos durante as invasões francesas. Os beneficiários do projeto são os professores, os alunos, atores de desenvolvimento e cidadãos.

A Isabel Castro, do gabinete de projetos da AIDGLOBAL, coube apresentar ferramenta pedagógica "Mochila do Soldado" e o guia com propostas de atividades que se relacionam o programa curricular com os temas da educação para a cidadania global.

Em breve, a mochila, estará disponível nos centros de interpretação das Linhas de Torres e pode ser usada nas suas atividades de mediação com o público ou requisitadas pelas escolas.

 

 

Mais notícias