14 de janeiro 2015

CILT lança linha editorial alusiva à Guerra Peninsular

No passado dia 06 de dezembro foi lançado pelo CILT, no auditório municipal de Sobral de Monte Agraço, o primeiro número dos Cadernos da Guerra Peninsular. A escolha do nome foi uma clara referência a um episódio incontornável da história da Europa, no qual Portugal teve um papel determinante.

O n.º 1 dos Cadernos da Guerra Peninsular é dedicado à arqueologia e intitula-se "Forte do Alqueidão. Arqueologia e História. Da Idade do Ferro às Invasões Napoleónicas". Nesta publicação os autores Artur Rocha e Jessica Reprezas trazem a público os resultados das escavações arqueológicas realizadas nos Fortes do Alqueidão e do Simplício entre 2008 e 2011. O trabalho desenvolvido permitiu registar uma parte significativa destas duas estruturas militares e conhecer as técnicas e materiais construtivos utilizados. Os resultados alcançados contribuíram para a execução de um projeto mais abrangente no âmbito da preservação, interpretação e musealização destes sítios.

 

Mais notícias